Gilson, cantor e compositor canta ao vivo "casinha branca" no TCE-PB-13/06/17
A cabeleira se foi, mas a voz, simpatia e talento continuam os mesmos. Encontrei Gilson Casinha Branca hoje à noite no Centro Cultural Ariano Suassuna, onde fomos assistir ao encerramento da programação de comemoração aos 90 anos de nascimento de um dos maiores paraibanos que já tivemos a glória de conhecer. Antes do monólogo de Juca Pontes interpretado por Tarcísio Pereira e do Auto da Compadecida, pelo Grupo Teatro Experimental de Arte, de Recife (PE), Gilson subiu ao palco e, atendendo ao pedido do presidente do TCE, André Carlo Torres Pontes, cantou seu clássico "Casinha Branca". O artista está na capital da Paraíba visitando parentes e segue para o Rio Grande do Norte antes de voltar para casa, no Rio de Janeiro. Ele, contudo, revelou o desejo de se estabelecer no Nordeste e João Pessoa está entre as opções consideradas. Textos copiados do facebook da querida amiga Claudia Carvalho, jornalista na Tv Assembléia da Paraíba. Créditos do Vídeo gravado pelo celular da Claudia Carvalho. o cantor e compositor Gilson Casinha Branca , que estava em João Pessoa desde do dia 12.06.2017 visitando dois grandes amigos o Adalberto FerrariPb da web rádio Recordar FazBem e o poeta cantador de forró Bira Delgado e foi convidado especialmente pelo próprio Presidente do TCE-PB, Dr.Andre Carlos Torres Pontes, para cantar a música "casinha branca" na qual ele é um grande fã. E foi maravilhoso este momento, pois o público não esperava esta ilustre apresentação. por Adalberto Ferrari. GILSON, cantor e compositor, nascido em Macaú-RN. Aos 11 anos tem início sua trajetória na música. Como cantor e músico profissional surgiu em 1978 e o reconhecimento pelo grande púlico ocorreu a partir de 1979, através de seu primeiro sucesso. "Casinha Branca", que fez parte da trilha sonora da novela Marrom Glacê, ficou quase um ano nas paradas de sucesso e foi a música de maior execução nas rádios de todo o país, com regravações no Brasil e no exterior, vendagem de mais de 500 mil cópias - disco de Ouro e Platina. Teve ainda várias outras obras constando nas trilhas de novelas: Cabocla ("Andorinha"), Olhai os Lírios do Campo ("Chuva"), Plumas e Paetês ("A Mesma Porta"), Ti ti ti ("Não Diga Nada"), Brilhante ("Old Photografe"), versão de “Casinha Branca” em Inglês, por Jim Capaldi.
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!