Manifestação aconteceria neste sábado (23), a partir das 9h.

Juíza considerou que o evento pode intensificar a disseminação da Covid-19 no município.

Coronavírus: Justiça proíbe protesto de comerciantes no Município de Cabedelo, PB Divulgação/Tribunal de Justiça da Paraíba A Justiça da Paraíba proibiu a realização de qualquer protesto ou reunião pública marcada para o sábado (23), no município de Cabedelo, localizado na região da Grande João Pessoa.

A decisão foi tomada após a organização, em redes sociais na internet, de uma manifestação de comerciantes que atuam na cidade. Saiba o que fazer se apresentar sintomas de contaminação na Paraíba Curva de contágio: evolução de casos confirmados, mortes, gráficos e dados Como ficam os serviços na Paraíba após medidas para conter a pandemia De acordo com a ação ajuizada pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB), o movimento estava previsto para acontecer a partir das 9 horas, no mercado público da cidade, localizado Rua Elizabeth Alves Galvão, no bairro do Centro. O Ministério Público justifica o pedido de proibição da manifestação com o aumento de casos confirmados de infecção pela Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, em Cabedelo e em toda Paraíba.

Ao proibir o protesto, a juíza Giovanna Lisboa considerou que não há motivação para promover a aglomeração de pessoas com o objetivo de protestar sobre o fechamento do comércio.

Ainda de acordo com a magistrada, a aglomeração de pessoas, nessa situação, pode intensificar disseminação da Covid-19 no município.

Ainda cabe recuso à decisão.