Moema Moreira, de 67 anos, é pediatra e venceu a doença após 20 dias intubada na UTI.

Médica tem alta de hospital, após 2 meses lutando contra Covid-19, em João Pessoa Reprodução/TV Cabo Branco Uma médica recebeu alta na nesta sexta-feira (22), após 61 internada em tratamento contra a Covid-19, em um hospital particular de João Pessoa.

Moema Moreira, de 67 anos, é pediatra e venceu a doença após 20 dias intubada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Moema acredita ter contraído a doença em São Paulo, durante uma viagem.

O marido dela também teve diagnóstico positivo para a Covid-19.

Ela procurou um hospital logo no início dos sintomas e após dois dias de internação foi encaminhada para a UTI com graves complicações respiratórias. Após a recuperação, a médica relata sentir que recebeu uma missão.

"Estou me recuperando muito bem, sem muita sequela e queria agradecer a todos do hospital todos que me acolheram e os que quiseram me escolher também.

Eu acho que eu tenho uma missão a cumprir, pra ter sobrevivido a tudo isso", disse a médica à TV Cabo Branco. Foram 61 dias internadas, sendo 37 na UTI e 20 intubada.

Moema precisou passar por uma traqueostomia, uma pequena abertura feita na traqueia para facilitar a respiração.

Apesar da alta e do estado de saúde estável, a médica teve algumas sequelas da doença, como uma lesão neurológica que comprometeu parte da visão.

Apesar das complicações, a vitória é motivo de alegria e inspiração para a família.

"Depois de 2 meses de internação, é um verdade milagre.

Ela se internou muito no início, no segundo dia de internação já foi direto na UTI.

Foi difícil e a gente se apegou muito a Deus neste momento.

É uma verdadeira benção tê-la de volta, ouvir a voz dela.

Ela aqui é o melhor milagre da nossa vida", disse Natália Moreira, filha da médica. Moema diz que quer voltar a trabalhar e que o segredo para todos que enfrentam o coronavírus é resistir e ter fé: Ser forte, lutar, ficar em casa e respeitar o isolamento social, porque só assim a gente vai poder conter essa doença", afirmou. Venceu a Covid-19; médica recebe alta após mais de 60 dias de internação