Márcio Celli
Márcio Celli – Cantor/Compositor (Natural de Porto Alegre/RS) tem um trabalho focado essencialmente na música brasileira. Suas composições abordam estilos variados como o samba, a bossa nova, ijexás e baladas. Dentre as características de repertório observam-se também as regravações com arranjos diferenciados. Celli vem referendado por nomes como Adriana Calcanhotto e Rosa Passos, que assinam as contracapas dos seus mais recentes Discos “Márcio Celli canta Adriana Calcanhotto” e “Da Minha Janela”. Recebeu elogios dos maiores críticos da Música Brasileira, Tárik de Souza/RJ , Antonio Carlos Miguel (ACM)/RJ e Juarez Fonceca/RS. Com o seu mais recente trabalho, o CD autoral “Da Minha Janela”, lançado em 2014, Celli foi indicado ao Prêmio Açorianos de Música de Porto Alegre/RS - 2014 em duas categorias, melhor cantor de MPB e melhor compositor de MPB. Foi pré-selecionado ao Prêmio da Música Brasileira e recebeu Menção Honrosa nos Melhores Álbuns da Música Brasileira de 2014. Márcio Celli tem cumprido temporadas de shows em Porto Alegre e São Paulo, mostrando o seu trabalho autoral mesclado com regravações em Sescs, Bares e Teatros das capitais. No Rio de Janeiro foi convidado para participar do show “Eu vi Elis sorrindo”, do cantor Elohim Seabra, com direção e participação do saudoso Miele. Celli Já se apresentou também nas capitais Fortaleza/CE, Palmas/TO e Rio Branco/AC. Márcio Celli lançou em 1998 o CD Um Novo Tom, em 2006 Márcio Celli canta Adriana Calcanhotto e em 2014 o álbum Da Minha Janela. Seu novo show faz um passeio por canções dos três CDs lançados por Celli além de clássicos da música brasileira e novas músicas autorais em parcerias com nomes como Zé Caradípia, Bebeto Alves , Monica Tomasi e Roberto Haag. Biografia Cantor, Compositor e Radialista, Márcio Celli é um dos nomes que prometem da nova safra da Música Popular Brasileira. Ainda adolescente Celli teve aulas com Déa Mancuso, mestra em técnica vocal e professora de vários nomes da música gaúcha, entre eles Adriana Calcanhotto, Flora Almeida e Muni. Estreou na década de 90 no palco do Porto de Elis ,em Porto Alegre, o Show “Bem Agosto” dirigido por Patsy Cecato . Gravou com as cantoras Glória Oliveira e Flora Almeida, canções que tiveram radiodifusão em várias emissoras do Estado. Também nos anos 90, Celli residiu em São Paulo, onde cantou na noite e apresentou-se em diversos espaços culturais como Bar Armazém, Bom Motivo, Vou Vivendo, Boca da Noite, Ilha Porchat, Olympia, bem como apresentações para convenções, Prefeituras e Governo do Estado de São Paulo. Em Outubro De 1998, Lança O CD “Um Novo Tom”, primeiro de sua carreira, com show no Bar Opinião em Porto Alegre. Participa da Coletânea Paulista “Novos Caras da MP” da Borage Diskos em São Paulo. No mesmo ano idealiza a Primeira Mostra de CDS Independentes de Porto Alegre, juntamente com Flora Almeida e Nanci Araújo, conquistando o Troféu de Menção Honrosa no Prêmio Açorianos de Música. Em 2006 lança em Porto Alegre o segundo CD, Márcio Celli canta Adriana Calcanhotto, um trabalho de intérprete que lhe rendeu seleção ao Prêmio Tim de Música nas categorias Melhor Cantor e Melhor Disco de MPB. O show Márcio Celli canta Adriana Calcanhotto foi apresentado também em Fortaleza/CE, São Paulo/SP e Palmas/TO. Márcio faz sua primeira participação no Ecarta Musical (que está recém no seu segundo ano), projeto patrocinado pela Fundação Ecarta e pelo Sinpro/RS com um show de voz e violão. Participa mais adiante da Coletânea Música na Casa de Cultura Mário Quintana. Em 2007, retorna ao Ecarta Musical, dessa vez como convidado especial do Regional Corda de Bamba , juntamente com Simone Carvalho (vocalista da banda de rock Justine) e da cantora acreana Verônica Padrão. Em 2008, Celli é um dos cantores e músicos gaúchos a se juntar a Caravana, projeto patrocinado e produzido pelo Sinpro/RS, que celebrava naquele ano seu 70º. Aniversário. Márcio se apresentou em Porto Alegre e em várias cidades do interior dentro do projeto. Após três anos afastado da música, Márcio Celli volta aos palcos com o show “De bossa em samba” ao lado do cantor e compositor Roberto Haag e como radialista, passa a apresentar o Programa Canção, nas Rádios Buzina no Gasômetro e Estação Voz, divulgando a música de Porto Alegre . Participa do CD Coletânea “The News From Brazil” do selo Sonarts/SP. Em 2014, com financiamento do Fumproarte (Secretaria Municipal da Cultura / Prefeitura de Porto Alegre), Márcio Celli lança “Da minha Janela” , terceiro CD de sua carreira e o primeiro totalmente autoral. O repertório do disco traz também parcerias com Bebeto Alves, Monica Tomasi, Roberto Haag, Danny Calixto, Patrícia Mello e Sonekka . Este ano, está trabalhando na divulgação do CD Márcio Celli – Da Minha Janela.
Chiquinho Rodrigues
Comunicador de radio, tem um programa semanal de muito sucesso intitulado TÚNEL DO TEMPO com músicas dos anos 80 e 90. Mora em Boa Viagem no Estado do Ceará.
Wilton Sevira
Wilton Sevira, é um comunicador há vários anos, participante da rádio web SuperTúnel, apresenta o programa MOMENTOS ETERNOS com uma super seleção musical com canções de todos os tempos. E um grande amigo, ser humano incrível. Tem uma legião de fãs ouvintes do seu programa que vai ao ar sempre aos domingos a partir das 20:30 hs na radio Super Túnel, com reprise em outras emissoras de rádio, incluindo a nossa web radio Recordar Faz Bem. Uma parceria que já dura um bom tempo.
Adalberto Ferraripb
Comunicador, ativista e produtor cultural